publicações

Inventário de Destruições

Inventário de Destruições
Éric Watier

coordenação editorial: Regina Melim
tradução: Fabio Morais
projeto gráfico: Maíra Dietrich
1.000 cópias
2014

Inventário de Destruições é um trabalho inacabado por definição. Foi iniciado em 1999 e editado em 2000 pela Éditions Incertains Sens, em Rennes. Em 2002, uma versão ampliada foi traduzida para o inglês, por Simone Manceau, e editada pela Boabooks, Londres. A tradução para o português utilizou a edição francesa, tradução inglesa e ainda o site http://linventairedesdestructions.tumblr.com/, acessado em 11/12/2013. Segue abaixo um fragmento:

"Em 28 de dezembro de 1969, Gina Pane jogou quatro desenhos em uma correnteza, para acabar com a pintura.
Em 1953, Robert Rauschenberg jogou no rio Arno os trabalhos não vendidos de uma exposição que ele havia feito na Galeria de Arte Contemporânea de Florença.
Em 1976, Bruno Mendonça cortou a machadadas suas punturas realizadas entre 1973 e 1976. Ele usou os pedaços como combustível para um churrasco durante um jantar.
Em 24 de julho de 1970, John Baldesssari incinerou todos os seus trabalhos feitos entre março de 1953 e março de 1966. As cinzas foram conservadas em uma urna funerária em forma de livro e expostas junto às fotografias da incineração.
Toda Date painting de On Kawara que não é terminada antes da meia-noite é destruída."

se você tem interesse na versão impressa, preencha os campos abaixo: